Title

Reforma Educacional, Exclusão e Racismo na Bahia

Document Type

Article

Publication Date

Spring 2005

Keywords

ISLAC

Abstract

Este artigo apresenta os achados principais da nossa pesquisa, desenvolvida durante o período de junho 2001 a janeiro 2002 sobre a reforma educacional em Salvador - Bahia. Concluimos que dois fatores principais impedem o maior sucesso desta reforma. Primeiro, detectamos um sistema de racismo estrutural, responsável por nortear as percepções que professores, diretores e administradores tinham sobre o alunado pobre e negro nas escolas pesquisadas, no sentido de esperar e exigir pouco desses alunos. Baixas expectativas resultavam em baixo empenho. Segundo, encontramos que a educação pública, mesmo melhorando, ainda não pode competir com a educação privada. Como consequência, escolas públicas continuam reproduzindo exclusão e escolas privadas continuam reproduzindo privilégio.

This article presents the main findings of our research, developed during the period June 2001 to January 2002 on educational reform in Salvador - Bahia. We conclude that two main factors preventing the greatest success of this reform. First, we detected a system of structural racism, responsible for guiding the perceptions that teachers, principals and administrators had on the poor and black pupils in the schools surveyed in order to expect and demand some of these students. Low expectations resulted in lower commitment. Second, we find that public education, even better, still can not compete with private education. As a result, public schools continue playing exclusion and private schools continue playing privilege.

Comments

ISSN 1808-124X