•  
  •  
 

Content Language

PT

Abstract

Este ensaio busca inserir revistas pulp brasileiras conhecidas como “revistas de emoção” na história conhecida da publicação de revistas no Brasil – seguindo o trabalho pioneiro do Prof. Athos Eichler Cardoso (Universidade de Brasília), que em 2009 trouxe estas publicações para a atenção dos pesquisadores de ficção de gênero no Brasil –, mas estendendo sua discussão das revistas locais de gênero para o século XXI (sem abordar publicações eletrônicas), com um foco especial sobre a ficção especulativa e o estatuto do escritor de ficção de gênero no Brasil.

DOI

http://dx.doi.org/10.5038/2167-6577.2.1.5

Creative Commons License


This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 4.0 License.

Share

COinS